Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

Últimas entradas na bilblioteca do Ministério

10.05.21

Cópia de Cópia de Uma das últimas compras.png

Se não estivesse a escrever sobre livros diria que último mês foi um exagero no que toca a compras. Mas, quando falamos de livros, a palavra exagero não tem lugar, pelo que, terá sido, talvez, um mês de compras “simpático”.

Aproveitei as promoções em particular na semana comemorativa do Dia do Livro e dei um desbaste na minha wishlist.

Dido isto, aqui ficam com mais detalhe as últimas entradas na biblioteca do Ministério.

Começo com as duas ofertas recebidas da Bertrand: “Sentir & Saber” de António Damásio e “Viver num Mundo Imprevisível” de Frédéric Lenoir. O primeiro já está lido, o segundo será a breve prazo. Obrigado à Bertrand pelas ofertas!

Uma compra inevitável, o novo livro de Afonso Cruz, “O Vício dos Livros”.

Outra compra e também já uma leitura, “Woke – Um Guia para a Justiça Social” de Titania McGrath. De oferta com esta compra recebi de oferta “A Célebre Rã Saltadora do Condado de Calaveras | Rikki-Tikki-Tavi” de Mark Twain.

Mais uma compra inevitável: “A Ordem” de Daniel Silva. Está completa a coleção de Gabriel Allon.

Compra também mandatória, o novo livro de Patrícia Reis, “Da Meia-noite à Seis”. Leitura em curso e já perto do fim (muito boa, por sinal).

“As Leis Fundamentais da Estupidez Humana” de Carlo M. Cipolla, um pequeno livro dedicado a um tema que me aflige muito.

Andava há muito para adquirir os livros de Tolkien, por isso, agora com a nova edição achei que estava na hora e adquiri o primeiro volume, “A Irmandade do Anel” (os outros ainda não estão disponíveis.

“Em tudo havia beleza” de Manuel Vilas, um dos livros que estava há mais tempo na minha wishlist.

No campo da não ficção adquiri “A Guerra Fria” de John Lewis Gaddis. Um dos melhores livros sobre o tema.

Adquiri ainda dois romances editados pela Relógio D´Água no campo da ficção científica, “A Polícia da Memória” de Yoko Ogawa e “O Problema dos Três Corpos” de Liu Cixin. Ainda da mesma editora adquiri “O Silêncio” de Don DeLillo.

Com tudo isto, o mês de maio vai ter de ser mais contido...

2 comentários

Comentar post