Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

Últimas entradas na biblioteca do Ministério

14.06.21

Cópia de Cópia de Uma das últimas compras (4).p

Quando em maio registei aqui as últimas entradas na biblioteca do Ministério referi que os próximos tempos teriam de ser mais comedidos... bom, como é possível verificar pela foto acima, isso não aconteceu.

É verdade que no meio da nova pilha existem algumas ofertas, mas ainda assim, foi mais um mês de muitas compras. Não há como evitar... nem lamentar. Não é um gasto, é um investimento.

Começando pelas ofertas: recebi da Bertrand dois excelentes livros: “Outra História, Outras Estórias” de Adérito Tavares e “Contagem Decrescente” de Blair H. Sheppard. Da Gradiva recebi o livro que agrega o melhor de Eduardo Lourenço, “Ver é ser Visto” e ainda “Despojos do Dia” de Kazuo Ishiguro, livro que pretendo ler para confirmar (ou não) a ideia com que fiquei do autor depois de ler “Klara e o Sol”.

Ainda no campo das ofertas, registo o livro “Metrónomo Sem Função” de Laura do Céu, livro que já tive oportunidade de apresentar aqui no blog.

No que diz respeito a compras, começo por dois livros, um que já li e com o qual fiquei impressionado, “A Anomalia” de Hervé Le Tellier, e outro que estou a ler, “Memórias de Adriano” de Marguerite Yourcenar, no âmbito do Clube de Leitura PNL2027.

“A Biblioteca da Meia-Noite” de Matt Haig e “Exalação” de Ted Chiang foram duas compras que pretendo ler a muito breve prazo. São dois livros dos quais tenho grandes referências e enorme expetativa.

Depois de ter visto a série tive de adquirir “Gambito de Dama” de Walter Tevis. Acredito que se a série tem muita qualidade, o livro deverá ter mais ainda.

Outras duas compras que também já tinha em mente há muito: “Hamnet” de Maggie O`Farrell e “Mundo Subterrâneo” de Robert Macfarlane. Dois livros que já seguia há muito tempo e que tendo chegado agora a tradução em português tive de adquirir.

Três compras também a registar no campo das ciências: “Como… Conselhos Científicos Absurdos para Problemas Reais” de Randall Munroe, “A Psicologia da Estupidez” de Jean-Francois Marion e “Sobre o Futuro” de Martin Rees.

Última nota para um livro do qual só tenho lido boas opiniões, “O Mapeador de Ausências” de Mia Couto.

E foi isto no último mês... não vou fazer prognósticos para o próximo até porque apesar de ter eliminado muitos dos livros da minha wishlist ela já está cheia novamente (tema para outro post nos próximos dias). Boas leituras!