Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

26
Dez17

Leituras - "Sinal de Vida" de José Rodrigues dos Santos

250xssss.jpg

 

Já li uma boa parte dos livros de José Rodrigues dos Santos (JRS) mas dou sempre primazia aos que tem como personagem principal Tomás Noronha. Esses li-os todos.

Confesso que os últimos dois livros do personagem – “A Chave de Salomão” e “Vaticanum” tinham-me deixado algo desiludido. O primeiro porque tem partes excessivamente teóricas sobre temas difíceis de compreender para o comum normal (muito à volta da física quântica), o segundo porque acho que lhe falta alguma ação.

Obviamente que percebo que os temas envolvidos condicionam o tipo de história que é possível criar, por isso compreendo que, mesmo obedecendo à mesma fórmula, o resultado não seja sempre igual.

Tudo isto para dizer que acabei ontem o livro “Sinal de Vida” de JRS, e, contrariamente aos últimos dois títulos indicados acima, posso dizer que gostei bastante. Está muito bem conseguido.

A história anda à volta da descoberta de um contacto extraterrestre e a identificação de um “veículo”, também extraterrestre, que se dirige para a Terra, no entanto, a base é a origem da vida, o que é vida e tudo o que sabemos e não sabemos sobre o tema, e nesse aspeto faz muito bem aquilo que os livros de JRS fazem, explica, dá informação, põe o leitor a parte de temas que de outra forma apenas em livros muito mãos maçudos poderia ficar a conhecer, tudo isto enquanto conta uma história.

O livro dá muita informação, mas deixa também muita margem ao leitor para pensar sobre o tema, e eu confesso que é um tema que me interessa, e muito.

Devo dizer que não entendo muito bem as críticas e o desdém a que JRS é sujeito, e muitas vezes não percebo se o problema é com a obra ou com o autor. Eu não sei se JRS é boa ou má pessoa, não sei se é humilde ou arrogante, o que sei é que aquilo que escreve, contrariamente ao que muitas vezes se pretende fazer crer, tem valor, e, no meu caso em particular, vai exatamente ao encontro do que eu gosto: história com informação, ou, se preferirem, ficção com informação.

Já li críticas de bradar aos céus escritas por pessoas que a única coisa que conseguem escrever é mesmo uma crítica e fico sempre a pensar: qual é o problema desta gente? Num país onde se escreve tanta porcaria, este autor consegue juntar uma investigação relevante com a capacidade de imaginar uma história para a contar. É óbvio e natural, que possa haver quem não goste, compreendo isso perfeitamente, o que não entendo é a forma como lhe são feitas as críticas.

Da minha parte não tenho nenhum problema em admitir que é dos meus autores favoritos, que aprendi, e aprendo, bastante com o que ele escreve, e, verdade seja dita, embora exista sempre muita celeuma à volta dos temas que escolhe não me recordo de ler que aquilo que escreve tem fundo de mentira.

No caso em concreto do livro “Sinal de Vida” recomendo a todos os que gostam de pensar na origem de tudo, de questionar o somos e de onde viemos, e ainda se estaremos ou não sós neste vasto universo. Como o próprio autor diz na nota final este livro completa uma trilogia iniciada com “A Formula de Deus” (o meu livro favorito de JRS) e desenvolvida com “A Chave de Salomão (um dos meus menos favoritos). Vale a pena ler.

 

Sinópse: Um observatório astronómico capta uma estranha emissão vinda do espaço na frequência dos 1,42 megahertz. Um sinal de vida. O governo americano e a ONU são imediatamente informados. Um objeto dirige-se à Terra. A NASA prepara com urgência uma missão espacial internacional para ir ao encontro da nave desconhecida. Tomás Noronha, o maior criptanalista do mundo, é recrutado para a equipa de astronautas. Começa assim a mais invulgar aventura do grande herói das letras portuguesas modernas, uma história de cortar a respiração que nos leva ao coração do maior mistério do universo. Será a vida um acidente ou resultará de um desígnio? Estaremos sós ou seremos um entre milhões de mundos habitados? A existência é um acaso ou tem um propósito?

2 comentários

Comentar post

Um Leitor

foto do autor

Livros de 2019

2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Um Leitor has read 0 books toward their goal of 25 books.
hide

O Leitor está a ler

Parcerias

Ministério dos Livros no Instagram

Email do Blog

blogministeriodoslivros@gmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Calendário

Dezembro 2017

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31