Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

01
Fev18

Leituras - “Lincoln no Bardo” de George Saunders

250xeqeq.jpg

 

Terminei ontem o livro “Lincoln no Bardo” de George Saunders.

A primeira coisa que devo dizer é que não é um livro fácil. É um livro diferente de tudo o que já li e é também um livro onde se aplica a máxima “primeiro estranha-se depois entranha-se”.

Uma das coisas que salta imediatamente à vista quando começamos a ler o livro é a criatividade e imaginação do autor. Complexo, mas extraordinário, no sentido em que é inesperado e original.

Não terá sido certamente por acaso que o livro ganhou o Man Booker Prize de 2017, e esse (o prémio) foi também o principal motivo que me levou a ler o livro. Já sabia que o livro tinha contornos diferente e que o tema era também ele sui generis: a morte de um filho pequeno de Abraham Lincoln e a sua passagem pelo bardo (no budismo tibetano, estado intermédio da existência, entre a morte e o renascimento) a ligação entre o pai vivo e o filho já morto, e todo a história contada por múltiplas vozes, dos mortos do cemitério numa única noite.

Efetivamente não vale a pena contar muito da história porque apenas lendo conseguimos perceber a sua dimensão, sendo que eu tenho noção que muita coisa certamente me escapou.

É um daqueles livros que fica na memória, que não se esquece, como uma experiência nova com a qual não contávamos, mas que apreciámos bastante e que por isso deixou marca.

Por tudo isso recomendo vivamente a leitura do livro, de espirito aberto para apreciar uma experiência narrativa diferente e uma grande capacidade imaginativa para contar uma história.

 

Sinopse:

 

Lincoln no Bardo é o primeiro romance de George Saunders. Nestas páginas, o autor revela-nos o seu trabalho mais original, transcendente e comovedor. A ação desenrola-se num cemitério e, durante apenas uma noite, a história é-nos narrada por um coro de vozes, que fazem deste livro uma experiência ímpar que apenas George Saunders nos conseguiria dar. Ousado na estrutura, generoso e profundamente interessado nos sentimentos, Lincoln no Bardo é uma prova de que a ficção pode falar sobre as coisas que realmente nos interessam. Saunders inventou uma nova forma narrativa, caledoscópica e teatral, entoada ao som de diferentes vozes, de modo a fazer-nos uma pergunta profunda e intemporal: como podemos viver e amar sabendo que tudo o que amamos tem um fim?

 

Mais sobre o livro:

 

Entrevista do “Expresso”

Reportagem do “Público”

Crítica na revista “Sábado”

Livro do Dia da TSF

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

foto do autor

Livros de 2020

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Um Leitor has read 0 books toward their goal of 25 books.
hide

Parcerias

#LERÉPODER 2020 - Mrec

O Ministério está a ler

O Ministério no Instagram

Email do Blog

blogministeriodoslivros@gmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Calendário

Fevereiro 2018

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728