Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

Curiosidade e receio: " É isto que eu faço" de Lynsey Addario

16.01.18

250xss.jpg

Um dia destes numa passagem pela FNAC estive a dar uma vista de olhos no livro, "É isto que eu faço", da autoria de uma fotojornalista, Lynsey Addario.

Li duas ou três páginas e algumas fotografias e fiquei na dúvida: por um lado muita curiosidade em ler e por outro algum receito ou temor, não sei bem.

Desde que fui pai desenvolvi alguma (muita) sensibilidade em relação a tudo o que tem crianças e, naturalmente, crianças em situações em que nunca queremos ver as nossas.

Logicamente quando falamos de cenários de guerra esta realidade ganha uma dimensão muito maior, e, por isso é-me difícil ver e ler sobre assuntos que envolvam crianças apanhadas nestes contextos.

O livro, sendo uma obra que retrata cenários de guerra, relata, naturalmente a componente da vida quotidiana de quem nela vive e sobrevive e quando há crianças pelo meio. Podem dizer que é hipersensibilidade, e se calhar até é, mas hoje faz-me muita confusão. Não me faz confusão a guerra no sentido literal do termo, aprendi sobre ela e tenho interesse pelas que aconteceram, mas a criança é ali um elemento estranho, que quando está presente afasta-me.

Por tudo isso, sinto um misto de vontade e receio em relação à sua compra. Ideia a madurecer. O excerto disponível no site da Presença não permite tirar grandes conclusões. Da próxima vez que passar numa livraria vou tentar dedicar um pouco mais de tempo ao livro.