Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

Book quote

08.04.21

rde4.png

Esta é uma definição muito simples do que pode ser considerado um bom livro, mas é ao mesmo tempo uma definição muito válida.

No meu caso, são raros os livros que não abro com interesse para ler, e felizmente, são ainda mais raros os que termino sem proveito. O interesse está lá, desde logo porque é “trabalhado”, ou seja, porque resulta de um trabalho prévio que faz com que na calha para leitura estejam praticamente só livros em que sei à partida terei interesse. Já o proveito, pode ser maior o menor e a sua amplitude é difícil de antecipar. Ainda sim, quanto maior é o interesse maior é o proveito esperado.

Se pensarmos bem esta frase pode ser também fortemente potenciadora de novos leitores. Um novo leitor que abrace um livro com interesse e o termine com proveito, muito mais facilmente vai ter interesse para ler outro.