Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

02
Nov19

As respostas do Leitor ao desafio: Problemas de um(a) leitor(a)

o MdL responde.png

Na sequência de um desafio lançado pela Sweet Stuff  para responder a algumas questões livrescas, aqui ficam as respostas do Leitor.

Tens 20 mil livros na tua TBR. Como é que decides o que vais ler a seguir?

É complicado porque eu tenho efetivamente sempre um lote grande de livros na minha TBR.

Basicamente a minha estratégia passa por identificar, e se possível antecipar, os livros que eu quero mesmo ler, entre a ficção e a não ficção, e depois vou complementando com outros que vão surgindo ou que foram ficando pendurados.

Um ponto positivo é facto de hoje conseguir fazer esta seleção com menos remorsos do que fazia no passado.

Estás a meio de um livro de que não estás a gostar. Desistes, ou continuas?

Regra geral, levo até ao fim. Nos últimos anos lembro-me de uma única vez em que coloquei um livro de lado. Tento ser criterioso nas escolhas que faço e tenho tido sorte. Embora me tenha deparado com livros que gostei menos (este ano já me aconteceu por duas vezes), não desgostei o suficiente para os colocar de parte antes de chegar ao fim.

O final do ano está a chegar e estás atrasado no teu desafio de leitura do Goodreads. O que decides fazer?

Os desafios de leitura do Goodreads são algo recente para mim. Este é o terceiro ano que faço e é também o terceiro que cumpro. Em nenhum dos anos me vi na circunstância de estar perto do final do ano e de estar atrasado Tento definir objetivos que sei que, à partida, serão atingíveis.

As capas de uma série que adoras não combinam! Como é que lidas com isso?

Acho que só tenho esta realidade com os (muitos) livros do Daniel Silva. Confesso que não ligo nada a essa questão :).

Toda a gente gosta de um livro que tu odeias. Com quem é que partilhas os teus sentimentos?

Apesar de ser uma “pessoa dos livros” e de me dar com algumas “pessoas dos livros” temos gostos de leitura pouco compatíveis, por isso, regra geral faço-o em casa e no “Ministérios dos Livros”.

Estás a ler um livro e estás prestes a começar a chorar em público. Como é que lidas com isso?

Confesso que nunca vivi esta realidade.

O segundo volume de uma série que adoras acabou de sair, mas esqueceste-te do que acontece no primeiro livro. Lês o livro anterior novamente? Lês uma sinopse ou uma review? Choras de frustração?!

Já me aconteceu com dois livros de Daniel Silva. Tive de voltar ao livro anterior e ler dois ou três capítulos para me situar.

Não queres que ninguém, NINGUÉM, pegue no teus livros e os estrague. Como é que dizes educadamente às pessoas que não lhes vais emprestar um livro?

Não sou uma pessoa possessiva com objetos... exceto livros. Muito mais facilmente empresto um relógio ou algo do género.

Não gosto de emprestar livros e evito fazê-lo a todo o custo, quer porque receio o tratamento que lhes é dado, quer pelo receio de não os ter de volta.

Já cheguei a dizer a uma pessoa que os meus livros em termos de possibilidade de empréstimo, estão ao nível da minha escova de dentes...

Começaste a ler cinco livros no último mês e não conseguiste terminar nenhum. Como é que sobrevives a uma ressaca literária?

Esta é também uma realidade que não conheço. Regra geral leio apenas um livro de cada vez. Este ano ensaiei a dupla leitura, conjugando sempre ficção e não ficção e até me dei bem, embora seja difícil habituar-me.

Há muitos livros novos que foram lançados e que estás cheia de vontade de ler! Quantos deles é que chegas a comprar?

O meu método é mais o contrário do teu... 1 + 5... cinco comprados por cada livro lido.

Eu compro muito livros, mas compro cada vez menos livros novos. O OLX é um amigo que me permite gerir melhor o orçamento. Dá trabalho, mas compensa, e depois também vou recebendo algumas ofertas.

Mesmo assim, a minha wishlist é sempre megalómana.

Depois de teres comprado os livros que tanto querias, quanto tempo é que eles ficam na estante até serem lidos?

Depende, depende muito. Ao ritmo a que compro livros sei que há muitos que não vou ler, pelo menos não nos próximos anos. Outros não vão sequer para a prateleira.

Eu não vejo a lógica de ter livros para ler nas estantes como a maioria das pessoas. Para mim as estantes da minha biblioteca não são o meu armário de roupa, onde o que lá está é para ser usado. É como se fosse uma extensão e um extra da minha pessoa. Acho que não sei explicar bem.

Criar uma biblioteca é um objetivo de vida porque há pouco locais onde me sinto melhor do que no meio de livros. Compro livros para os ter, porque se amanhã os quiser ler, estão ali. Não compro parvamente, compro com critério, compro o que me interessa e o que tenho interesse... e, se tiver condição financeira para isso, sei que será assim até ao fim dos meus dias!

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Um Leitor

foto do autor

Livros de 2019

2019 Reading Challenge

2019 Reading Challenge
Um Leitor has read 0 books toward their goal of 25 books.
hide

O Leitor está a ler

Parcerias

Natal 2019 - Mrec

Ministério dos Livros no Instagram

Email do Blog

blogministeriodoslivros@gmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Calendário

Novembro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930