Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

As leituras de março do Ministério

04.04.22

Cópia de as minhas leituras de agosto (14).png

Terminado o mês de março é momento para fazer um ponto de situação das últimas leituras.

Completei a leitura do mês do Clube de Leitura do PNL 2027, “Contra Mim” de Valter Hugo Mãe. Uma muito agradável descoberta de um autor que andava a adiar há muito e logo com um livro muito pessoal. Uma excelente leitura e autor que ganhou de imediato o direito a ser novamente lido a curto prazo. Comentário completo sobre a leitura aqui.

“A Civilização do Peixe-Vermelho” de Bruno Patino foi outra das leituras concluídas. Um livro muito interessante, um alerta para os efeitos do digital nas nossas vidas, para a criação de dependências e consequência negativas. Este livro, se lido sem à prioris, permite fazer uma introspeção interessante. Comentário completo aqui.

Depois, um livro “fora da agenda”. “A Vida não é Útil” de Ailton Krenak. Outro livro de alerta, mas numa dimensão diferente, mais abrangente e transversal. Uma mensagem sobre o comportamento humano no planeta Terra e as suas consequências. Interessante e incómodo. Comentário completo aqui.

Para além das três leituras concluídas, mais 4 a referir:

“Gulag – Uma História” de Anne Applebaum. Leitura iniciada, mas praticamente em standby muito por culpa de outro livro de que já aqui falei várias vezes e que é leitura em curso (quase a terminar). Falo de “Quem Traiu Anne Frank?” de Rosemary Sullivan, cuja polémia em que está envolvido acabou por acicatar o meu interesse na sua leitura. Estou mesmo a terminar e muito provavelmente teremos comentário aqui no blog ainda esta semana.

“Explicar os Humanos” de Camilla Pang foi outra leitura iniciada, mais uma vez imbuído pela curiosidade. Trata-se de um livro escrito por uma autora a quem foi diagnosticada uma perturbação no espectro do autismo e que por isso teve de desenvolver uma forma de perceber o que se passa à sua volta. O livro venceu o prémio da Royal Society Insight Investment Science Book em 2020.

Por fim uma palavra para o audiolivro “Inteligência Emocional” de Daniel Goleman. Foi um mês de muito menos quilómetros corridos, pelo que, ainda não conclui o livro. De qualquer forma posso adiantar que já percebi perfeitamente o porquê da importância que lhe é conferida.

Num mês de muito trabalho, até nem foi mau em leituras!