Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

31
Jul20

Novidade - "Contágio - Uma história dos vírus que estão a mudar o Mundo" de David Quammen

fsfsfsf.jpg

Mais sobre o livro aqui

Entrada direta para a minha wishlist.

Sinopse:

Num momento em que a Humanidade perde o chão com o tremendo impacto global da pandemia de um novo coranavírus, o SARS-CoV-2, é urgente ler o livro que previu este desastre viral e que nos diz como impedir que o mesmo volte a acontecer. À medida que a globalização ganha força e invadimos ecossistemas milenares em prol de uma expansão económica sem limites, ficamos também à mercê de infecções perigosas que nos são transmitidas pelos animais que prosperavam nos habitats que destruímos. Doenças que estavam, antes, contidas e limitadas àquele espaço passam a circular entre os humanos com consequências catastróficas, como são disso exemplo a SIDA, o Ébola, a Malária e, mais recentemente, a COVID19. Na companhia dos melhores cientistas do mundo, mergulhando nas selvas centro--africanas, grutas da China meridional e telhados do Bangladesh, passando pelos laboratórios onde se investigam vírus altamente letais sob apertadas medidas de segurança, o conceituado autor de divulgação científica David Quammen conta-nos a história dos principais vírus zoonóticos que ameaçam os humanos e deixa um aviso: temos de nos preparar para o pior.

Críticas de imprensa
 
«Uma obra-prima.»
New York Review of Books
31
Jul20

A criatividade, a imaginação, os livros e... um vídeo

Se há coisa que verdadeiramente me fascina e deixa completamente embasbacado são manifestações que considero surpreendentes de criatividade e imaginação humana. Nos livros essa manifestação é, naturalmente, um dos aspetos que mais me cativa, que me prende.

A imaginação é provavelmente uma das maiores demonstrações da capacidade do ser humano, de como podemos ter alguma esperança num futuro, pelo simples facto que prova que somos capazes de coisas incríveis.

O vídeo que podem assistir abaixo não tem nada a ver (diretamente) com livros, mas o meu sentimento em relação ao que nele acontece é o que procuro num grande livro: a construção de um número que, alicerçado na mais soberba imaginação humana, conjugada com boa execução, com sentimento, dá ao leitor uma obra que fica para a vida. A imaginação quando usada como catalisador é o mais poderoso dos elementos do Universo.

Qualquer livro construído com os ingredientes que podem encontrar no vídeo abaixo poderia ser uma obra prima. Felizmente tenho lido alguns.

 

30
Jul20

Novidade - "Coisas de Loucos - O que eles deixaram no manicómio" de Catarina Gomes

dadda.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Uma caixa de objectos abandonados no Hospital Psiquiátrico Miguel Bombarda contém as pistas para resgatar do esquecimento a vida de doentes que ao longo de décadas ali permaneceram confinados.
Coisas de Loucos teve origem na descoberta acidental de uma caixa de objectos de antigos doentes do primeiro hospital psiquiátrico português, o Miguel Bombarda.

Catarina Gomes inicia então uma série de investigações para encontrar os «loucos» a quem pertenciam esses objectos abandonados. Nascidos entre o final do século xix e o começo do século xx, muitos foram admitidos em «Rilhafoles», nome original do Bombarda. Os psicofármacos e a terapia ocupacional não tinham ainda sido inventados, e por isso o único «tratamento» que receberam foi o do isolamento.

Mas antes de serem forçadas ao confinamento estas pessoas tiveram família, amores, trabalho, tiveram planos de futuro. São essas suas vidas que Catarina aqui resgata do esquecimento.

30
Jul20

Leitura - "Cosmos - Mundos Possíveis" de Ann Druyan

dddd.jpg

Mais sobre o livro aqui

À primeira vista pode parecer que eu andei a empurrar a leitura desde livro, já que estou a lê-lo há muito tempo. Se fosse esse o caso assumiria, mas a situação é a inversa: andei a degustar o livro. Muitas vezes, no final do dia, ler um capítulo desde livro, ter me concentrar para poder apreender o que estava a ler, foi uma forma de melhorar o meu dia.

Quem aqui vem sabe que uma boa parte dos livros que leio todos os anos são do campo da ciência e da divulgação cientifica, e provavelmente também já se terão apercebido que são os livros que mais me despertam interesse. Este livro não foi exceção, antes pelo contrário até porque foi um dos melhores que li nos últimos tempos.

Trata-se de um livro excelente, a todos os títulos: conteúdo, naturalmente, e graficamente, já que é acompanhado por fotográficas de grande qualidade (cunho da National Geographic). O texto é rico, mas ao mesmo tempo simples, e os temos abordados de grande interesse. A autora faz um grande esforço (concretizado) para captar a atenção do autor por via da demonstração da sua paixão pela ciência e da escolha dos temas, muito bem escolhidos, aliás.

Diria que para qualquer amante da ciência é um livro obrigatório e para qualquer mente curiosa também. É tempo muito bem gasto. Altíssima nota e recomendação.

5Estrelas.png

 

29
Jul20

Novidade - "E Tudo o Vento Levou - Vol. II" de Margaret Mitchell

tg.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

E Tudo o Vento Levou tem como pano de fundo a Guerra Civil Americana, que opôs o Norte industrializado ao Sul das grandes propriedades de trabalho escravo negro.

A bela e caprichosa Scarlett O’Hara vive em Tara, no estado sulista da Geórgia, numa plantação de algodão. Estamos em 1861. Os seus amigos e, em geral, todos os jovens aguardam com entusiasmo a entrada na guerra, esperando uma vitória rápida.

A exceção é o aventureiro Rhett Butler, que se sente atraído por Scarlett. Mas esta está apaixonada por Ashley Wilkes, que se prepara para casar com Melanie Hamilton. Depois da guerra, Scarlett procura reconstruir a propriedade familiar para onde regressa, recorrendo à obstinação, astúcia e mesmo a um casamento de conveniência.

29
Jul20

Booker Prize 2020 - a longlist

sdadaad.jpg

Foi conhecida ontem a longlist de candidatos ao Booker Prize deste ano. O nome mais conhecido, e esperado, será o de Hilary Mantel o livro “The Mirror & The Light” que venceu o prémio por duas vezes, precisamente com os dois livros anteriores sobre a saga de Thomas Cromwell (um dos meus projetos de leitura para breve). Sobre este livro uma nota importante: será publicado em Portugal no início de setembro pela Presença.

Na lista, para além de Mantel, existem mais dois repetentes, na qualidade de candidatos, Anne Tyler e Colum McCann.

Dia 15 de setembro ficaremos a saber a shortlist dos 6 finalistas e vencedor será anunciado em novembro.

São estes os 13 candidatos selcionados dos 162 iniciais:

 

”The New Wilderness”, Diane Cook (EUA). Oneworld Publications;

”This Mournable Body”, Tsitsi Dangarembga (Zimbabué). Faber & Faber;

“Burnt Sugar”, Avni Doshi (EUA). Hamish Hamilton, Penguin Random House;

“Who They Was”, Gabriel Krauze (Reino Unido). 4th Estate, HarperCollins;

“The Mirror & The Light”, Hilary Mantel (Reino Unido). 4th Estate, HarperCollins;

“Apeirogon”, Colum McCann (Irlanda/EUA). Bloomsbury Publishing;

“The Shadow King”, Maaza Mengiste (Etiópia/EUA). Canongate Books;

“Such a Fun Age”, Kiley Reid (EUA). Bloomsbury Circus, Bloomsbury Publishing;

“Real Life”, Brandon Taylor (EUA). Originals, Daunt Books Publishing;

“Redhead by The Side of The Road”, Anne Tyler (EUA). Chatto & Windus, Vintage;

“Shuggie Bain”, Douglas Stuart (Escócia/EUA). Picador, Pan Macmillan;

“Love and Other Thought Experiments”, Sophie Ward (Reino Unido). Corsair, Little, Brown;

“How Much of These Hills is Gold”, C Pam Zhang (EUA). Virago, Little, Brown.

28
Jul20

Novidade - "Em que Crê Quem Não Crê" de Umberto Eco e Carlo Maria Martini;

cccasasdas.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Este pequeno mas precioso livro reúne a correspondência trocada entre Umberto Eco e o cardeal Carlo Maria Martini através das páginas do jornal italiano Liberal, entre Março de 1995 e Março de 1996. Nas oito cartas desse debate público, um intelectual brilhante e importante membro da Igreja e um representante da cultura laica uma figura singular da cultura e do pensamento contemporâneos discutem, com tolerância exemplar e liberdade dialética, os valores fundamentais do homem contemporâneo, a perspectiva dos apocalipses, as tradições religiosas e o senso comum, além das restrições impostas às mulheres. Debatem, enfim, a fé. Ao acalorado diálogo entre Eco e Martini somam-se as vozes de muitos dos leitores que irão ler este livro, num vivo, acalorado, mas exemplarmente harmónico.

Um livrinho que não perdeu réstia de actualidade.

28
Jul20

Book quote

072020ii.png

Cruzei-me com esta frase há muitos anos atrás, mas em bom rigor, acho só mais recentemente consegui captar todo o seu alcance. Talvez porque hoje em dia é mais notório.

Hoje em dia, fico cada vez mais com a ideia que há (felizmente) muito mais gente a saber ler uma folha, mas há (infelizmente) cada vezes menos pessoas a conseguir ler o que não existe entre uma página e outra da mesma folha.

Ler é uma coisa, interpretar e compreender é outra. Alfabetização é uma coisa, Literacia é outra, bem diferente e muitas vezes a anos luz da primeira.

27
Jul20

Novidade - "Não Fales com Estranhos" de Harlan Coben

asdasds.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Um segredo destrói a vida perfeita de um homem e coloca-o em rota de colisão com uma conspiração impiedosa neste novo e empolgante thriller de Harlan Coben.
Um desconhecido aparece subitamente - talvez num bar, num parque de estacionamento, numa loja. Ninguém o conhece. Os seus motivos são pouco claros. o que diz é convincente. Murmura algumas palavras ao seu ouvido e desaparece, deixando-o a tentar reconstituir os pedaços de um mundo desfeito.

Adam Price tem muito a perder: um casamento feliz, uma mulher bela, dois filhos encantadores, e todos os ardis do Sonho Americano: uma casa espaçosa, um bom emprego, uma vida aparentemente perfeita.
De repente, surge aquele estranho que lhe revela um segredo devastador sobre Corinne, a sua mulher. Adam decide confrontá-la e a miragem da perfeição desaparece como se esta nunca tivesse existido. De um momento para o outro, ele vê-se enredado numa trama bem mais sinistra que a dolorosa desilusão causada por Corinne e apercebe-se então de que, se não agir habilmente, a conspiração de que é alvo não só arruinará vidas - acabará com elas.

Críticas
 
«O grande mestre da ação e suspense da atualidade.»
Dan Brown

 

Críticas de imprensa
 
«Um romance sobre conspiração, segredos e chantagem com muitas reviravoltas.»
Daily Express

«O mestre do thriller psicológico está de volta com uma história misteriosa absolutamente viciante.»
HEAT

«Harlan Coben escreveu mais um romance de suspense com um enredo envolvente e intrincado e completamente plausível e arrepiante.»
Huffington Pos
27
Jul20

Desafio de Leitura 2020

dsdadd.png

Sei que não é propriamente um feito por aí além, mas ainda assim gostaria de registar este momento: completei antes do final de julho o objetivo de leituras que me tinha proposto para 2020: 25 livros (tenho 26 no momento em que escrevo).

Tendo em conta que nos últimos meses houve alguma redução do tempo disponibilizado à leitura (falei aqui sobre esse tema), acho que não está mal de todo. Sinto-me bem, mais do que pelos números, acima de tudo porque tenho conseguido ler, tenho conseguido aprender e, mesmo nos períodos em que tenho lido menos, a leitura tem sido muito importante para manter a minha saúde mental.

Dos desafios parcelares a que me propus alguns ainda não estão concluídos, pelo que, pretendo, ao longo dos próximos meses, fazer por garanti-los também. A saber:

- Ler pelo menos 1 biografia (Por cumprir)

- Ler pelo menos 1 livro de poesia (Por cumprir)

- Ler 3 autores estrangeiros que nunca tenha lido (Cumprido)

- Ler 3 autores lusófonos que nunca tenha lido (Cumprido)

- Ler pelo menos 1 clássico (Cumprido)

- Ler pelo menos 2 livros em inglês (Por cumprir)

- Ouvir pelo menos 3 audiobooks (Cumprido)

O outro objetivo, agora que cheguei ao que me tinha proposta muito mais rapidamente do que tinha pensado, é fazer de 2020 o ano com mais leituras de sempre.

26
Jul20

Novidade - "A Menina que Não Queria Livros" de Luísa Ducla Soares; Ilustração: Weberson Santiago

44r.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

A Leonor tinha um pai muito sabichão, que queria, por força, que ela aprendesse a ler. Assim, resolveu que iria oferecer-lhe um livro todos os dias. Outras crianças ficariam contentes com tal presente, mas esta menina torcia logo o nariz e inventava mil e uma formas de dar uso aos livros sem os ler. Será que algum dia vai descobrir o prazer da leitura?

26
Jul20

Novidade - "Salvadores" de António Pedro de Sá Leal

daddad.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

2019. Um grupo de operações especiais, criado pela rainha D. Maria I, luta para impedir um atentado terrorista em Lisboa. Conseguirá evitar a catástrofe?

Num mundo à beira de uma crise ambiental em larga escala, existe uma força de ação global que luta para defender o homem e a Humanidade. Os Salvadores, criados pela rainha D. Maria I, são uma sociedade secreta reconhecida pela maioria dos governos de todo o mundo para prestarem apoio e logística operacional para prevenir, resolver ou dar assistência em catástrofes naturais. Devido à sua origem templária possuem igualmente uma outra missão, esta secreta: a de espiar, extrair, capturar ou eliminar inimigos em todo o mundo.

Em 2019 identificam uma ameaça que os conduz numa perseguição por Espanha, Nigéria, Omã que termina em Lisboa. A equipa destacada para liderar esta operação vê-se envolvida numa rede de informações e contrainformações, acabando por desvendar um inimigo muito mais poderoso do que poderiam imaginar e terá de evitar o pior dos cenários: um atentado terrorista que poderá destruir a cidade de Lisboa.

Conseguirão evitar tal catástrofe?

26
Jul20

Sugestões livrescas para o verão III

21100679_kV8JW.png

 

Vão surgindo, o Ministério espreita e vai deixando aqui para quem possa também ter interesse. É mais um lote de sugestões livrescas para o verão, de fontes internas e estrangeiras.

Bertrand - Vá de férias num livro

 GH - The 25 Best Beach Reads to Add to Your Summer Reading List

The Atlantic - The Books Briefing: What to Read If You’re Looking for Something to Read

Reader´s Digest - 65 Best Summer Reads of All Time

GQ - Os cinco livros para ler no verão

 

25
Jul20

Novidade - "O Ouriço e a Raposa" de Isaiah Berlin

0o.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Num livro de esplêndida erudição literária e filosófica, Isaiah Berlin usa esta parábola animal para dividir a humanidade, de forma espirituosa, em ouriços e raposas. Classificação simples na aparência, mas que confronta dois modos existenciais de enfrentar a realidade.
As raposas julgam saber muitas coisas, aceitando, por isso, uma visão global do mundo que as ultrapassa. A sua pluralidade de saberes leva-as a reconciliarem-se com os limites do que sabem, vivendo felizes com isso.
Os ouriços, pelo contrário, querem saber uma grande coisa, procurando obsessivamente que essa grande coisa dê uma unidade formal à realidade, única forma de se reconciliarem com o mundo. As suas vidas podem, por essa razão, ser menos felizes.
Feliz, e delicioso, é este ensaio que flui, como um rio, distribuindo pelas suas margens os ouriços que são Dante, Pascal, Ibsen ou Marcel Proust e as raposas que terão sido Shakespeare, Heródoto, Aristóteles, Montaigne, Goethe ou James Joyce.
A distinção entre a raposa pluralista e o ouriço obstinado converteu-se num padrão da nossa análise cultural, fazendo deste livro um marco de prazer e de saber, que perdura.

«A raposa sabe muitas coisas, mas o ouriço sabe uma coisa muito importante.»

25
Jul20

Leitura - "O Desempregado" de Ricardo Tomaz Alves

ty.jpg

Mais sobre o livro aqui

Terminei mais uma leitura, e mais um livro de um autor português, neste caso “O Desempregado” da autoria de Ricardo Tomaz Alves.

Até receber o livro, devo confessar não conhecia o trabalho do autor nem os seus livros (este é o 5 livro), mas fiquei bastante curioso com o título e sei por experiência que se conseguem grandes surpresas com a leitura de autores menos conhecidos, porque efetivamente são apenas isso, menos conhecidos, não com menos qualidade.

O livro é interessante, de leitura rápida e fluída, e a história é bem conseguida do ponto de vista da sua criação. Pode dizer-se que atípica, pouco provável, mas também é esse facto que lhe dá um cunho de interesse.

Toda a história gira à volta de uma personagem, o Vicente, que fica desemprego, e do seu percurso de altos (muito altos mesmo) e baixos (muito baixos) ao longo de um período de tempo. Entre o contar tostões e um rapto sem precedentes há de tudo, sendo que o trabalho de aproximação do personagem a alguém real (sentimentos, preocupações, receios, angustias) está muito bem conseguido. Por outro lado, senti falta de ligação entre algumas partes, que, embora não comprometam a história, penso que podiam ter sido exploradas.

É um livro que merece leitura, e pode ser uma boa escolha para este verão.

4Estrelas.png

 

24
Jul20

Novidade - "A Propósito de Nada" de Woody Allen

erf.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Neste livro de memórias sincero e muitas vezes hilariante, o célebre realizador, comediante, argumentista e ator oferece uma visão tão abrangente quanto pessoal da sua tumultuada vida. Começando pela infância em Brooklyn, Woody Allen relata os dias difíceis no stand-up, antes de alcançar reconhecimento e sucesso. Com a sua habilidade única para contar histórias, relata a passagem para o cinema e revisita a sua enorme e produtiva carreira, ao longo de 60 anos, como argumentista e realizador, de clássicos como Annie Hall, Manhattan e Ana e as Suas Irmãs, até aos filmes mais recentes, incluindo Meia Noite em Paris. Pelo caminho, fala sobre os seus casamentos, romances e amizades, de jazz e dos seus livros e peças de teatro. Conta-nos sobre os seus demónios, erros, sucessos e sobre aqueles a quem amou, com quem trabalhou e com quem, em igual medida, muito aprendeu.

23
Jul20

Novidade - "Flecha" de Matilde Campilho

erfsf.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

«Este é um livro de histórias. Narrativas que foram surgindo um dia depois do outro, às vezes durante a tarde, outras logo pela manhã, e a maioria delas quando a noite já havia caído. Talvez o escuro seja mais propício às histórias. Seja como for, de uma maneira ou de outra, todas quiseram chegar-se à luz. Nem que fosse por um segundo. Umas chegaram-se tanto que passaram a ser, elas mesmas, a candeia que iluminou uma noite inteira. Nestas páginas estão retratos imaginários, e dentro desses retratos podem inscrever-se, à vez, coisas como: uma paisagem; um objeto; uma pedra; um bicho; um fogo; um gesto; um instrumento musical; um rosto; um deus. Por vezes, essas coisas vivas e mortas misturam-se num só retrato, como acontece na vida.»
— Matilde Campilho, Apresentação

23
Jul20

Excertos - "Autobiografia"

20200722_224833_resized.jpg

Este pequeno excerto do livro "Autobiografia" de José Luis Peixoto pode ser na minha opinião, um spot publicitário para ajudar a promover a obra. É um ótimo exemplo do que espera o leitor ao longo do livro, o rendilhado e ideias, a mistura de personagens e, mais do que tudo, uma enorme qualidade literária.

Já referi por diversas vezes, e em vários momentos, é um dos melhores livros que li nos últimos anos. Espero que esta meia dúzia de linhas ajude a convencer alguns indecisos ou menos crentes.

Mais sobre o livro aqui.

22
Jul20

Novidade - "Fui Soldado e Morri" de Paulo Sande

dasd.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Há um tempo português em África. Todos os velhos colonos recordam a história da escassa gente que do cabo do continente velho se fez ao mundo e depois voltou. Pelo caminho encontrou povos, dominou-os, foi dominado. Sofreu horrores, praticou-os. E viveu o que torna humanos os seres humanos: amor, paixão, desamor, desdém, guerra, promessas, desilusões. Fez revoluções, para mudar, para libertar, para sonhar, sonhos por vezes manchados. Alguns não souberam voltar. Outros, o acaso, uma inspiração, resgataram-nos. Nesse tempo português em África. Esta é a história de um soldado português entre messes militares. Amou, matou, foi traído, torturado, exilou-se. Esta é uma história portuguesa situada para além de ideologias e interesses, do politicamente correcto e dos disparates radicais. E há tantas por contar…

Pág. 1/4

foto do autor

Livros de 2020

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Um Leitor has read 0 books toward their goal of 25 books.
hide

Parcerias

+ Conhecimento: Universitários e Profissionais 2020 - MREC

O Ministério está a ler

O Ministério está a ouvir

O Ministério no Instagram

Email do Blog

blogministeriodoslivros@gmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D