Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

27
Mai20

Novidade - "E, de Repente, a Alegria" de Manuel Vilas

0098.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Desde o coração das suas memórias, um homem que arrasta tantos anos de passado como ilusões de futuro, recorre às suas recordações para iluminar a sua história. A história de um filho que tem de aprender a viver sem os pais, e de um pai que precisa de aceitar a viver mais longe dos filhos. Uma história que por vezes dói, mas que sempre acompanha.

Neste romance, a meio caminho entre a ficção e a confissão, o protagonista viaja pelo mundo e pelas suas memórias. É uma viagem com duas faces: a face pública, em que o protagonista-autor encontra os seus leitores; e o lado íntimo, em que aproveita cada momento de solidão para procurar a sua verdade.

Uma verdade que começa a despontar – dolorosa e inesperadamente - depois da morte dos pais, do divórcio, do afastamento do vício. Uma verdade que ganha novos matizes à medida que toma forma uma nova vida ao lado de um novo amor, uma vida em que os filhos se transformam na pedra angular sobre a qual gira a necessidade inadiável de encontrar a felicidade. Ou a alegria.

Se Em tudo havia beleza procurava no passado o caminho para regressar ao presente, aqui Manuel Vilas escreve uma história que vai buscar ímpeto ao passado para se lançar para o futuro e tudo o que ele pode trazer de inesperado. Depois da dor do auto-conhecimento, esta é a história da busca esperançada da alegria, essa reivindicação de fé e coragem em tempos convulsos, essa força maior da vida, que, como a beleza, pode estar em qualquer lugar.

Críticas de imprensa
 
«Uma crónica de celebração vital, da procura da verdade e da beleza entre os estilhaços do medo.»
El País

«A busca de uma verdade íntima e pessoal colocou Manuel Vilas nesse lugar raro dos escritores literários que sabem falar às pessoas de tu para tu.»
El Periódico

 «E, de repente, a alegria é um livro poético e electrizante, que não é propriamente uma sequela de Em tudo havia beleza, mas sim um novo e duro olhar sobre o mundo. Uma dignificação da dor, da perda e dos processos que nos impelem a seguir em frente. Há algo solar neste livro. Há algo curador.» Joaquín Pérez Azaústre, La esfera de papel, El Mundo
 
«Um livro magistral, difícil, fácil, eloquente, complexo, admirável na sua simplicidade enfurecida, contraditoriamente elementar e sábio, enorme, terno e sombrio: tudo isso é para mim E de repente a alegria, de Manuel Vilas.» José Luis Ibáñez Salas, La Nueva Tribuna
27
Mai20

Leitura - "Número Zero" de Umberto Eco

 

fgdgddgd.jpg

Mais sobre o livro aqui

Há muito tempo que andava para ler um livro de Umberto Eco. Por recomendação de uma pessoa conhecida, há já algum tempo, fiquei com este “Número Zero” gravado na memória e, tendo em conta a sua aquisição recente, decidi que seria o momento.

“Número Zero” foi o último romance escrito por Umberto Eco e assenta numa ideia de conspiração, de verdade e de mentira, nos meandros políticos muito perigosos da Itália do início dos anos 90, mas com ramificações até ao final da II Guerra Mundial, que acontece no quadro de um jornal (“Amanhã”) que já sabe não deverá chegar a sair, e que visa personificar um jornalismo em declínio.

É um livro curto, simples e bem construído, mas... não vou dizer que fiquei desiludido, e menos ainda que não vou ler mais nada do autor tão depressa, mas confesso que me soube a pouco. Fiquei com a ideia de que preciso mesmo ler outro livro do autor, porque este ficou num patamar aquém do esperado. É um livro interessante, sem dúvida, cativante sem ser deslumbrante.

4Estrelas.png

 

foto do autor

Livros de 2020

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Um Leitor has read 0 books toward their goal of 25 books.
hide

Parcerias

Vá de férias num livro - Mrec

O Ministério está a ler

O Ministério está a ouvir

O Ministério no Instagram

Email do Blog

blogministeriodoslivros@gmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D