Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

24
Nov19

Novidade - "Rodopio" de Mário Zambujal

000000000000.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

O amor acontece em todo o lado, sobretudo na vida dos protagonistas destas histórias, homens e mulheres normais a quem sucedem encontros extraordinários. Há paixões que nascem em bancos de jardim e logo são inscritas no tronco de uma árvore, à mesa de estabelecimentos comerciais, na praia, a bordo de um avião ou mesmo no trânsito. Algumas são eternas, e delas nascem casamentos e outras arrelias; outras estão condenadas como as árvores do parque onde foram inscritos os nomes dos namorados...

Com o seu habitual sentido de humor, Mário Zambujal transforma os acontecimentos do dia a dia numa paródia constante. Neste Rodopio encontramos um apaixonante e muito divertido conjunto de personagens pronto para nos fazer soltar um sorriso maroto ou uma valente gargalhada.

23
Nov19

Novidade - "Como Sobreviver a um Chefe Idiota" de Vera de Melo

00jh.jpg

Mais sobre o livro aqui

São ideias... podem dar jeito a alguém ai desse lado...

Sinopse:

Não estão em vias de extinção e multiplicam-se todos os dias. As anedotas proliferam nas mesas dos almoços, satirizando as qualidades ou ausência delas desta nobre criatura, o Chefe.
A pergunta na mente da maioria dos colaboradores nos nossos dias é: Como é que os idiotas se tornam chefes?
A maioria das pessoas é promovida sem uma preparação prévia, passando a liderar e imitando o estilo de liderança do seu antecessor, o que por vezes pode ser desastroso.
Neste livro, Vera de Melo explica como lidar com um ambiente laboral hostil e como sobreviver a um Chefe Idiota, através de pequenos gestos no dia-a-dia.

23
Nov19

Leituras pré-blog: "Mataram a Cotovia” de Harper Lee

dadadad.jpg

 

É um grande livro, sem dúvida. Envolvente e cativante. Nota-se que foi escrito com muito sentimento, muito na primeira pessoa, algo que dá ao livro uma profundidade que de outra forma não teria.

Contrariamente a outros que muitas vezes aparecem nas listas dos melhores livros de todos os tempos, e mesmo não sendo o meu favorito, acho que este é sem dúvida merecedor de inclusão nessa categoria. É daqueles livros que todos devíamos ler.

Mais sobre o livro aqui.

23
Nov19

Novidade - "Imagens Imaginadas" de Pedro Mexia

dadad.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Depois dos filmes e dos livros, as artes plásticas: Novo livro de crónicas «temáticas» de Pedro Mexia, desta vez dedicado à pintura e à fotografia.
Para completar uma espécie de trilogia das artes, inaugurada pelos livros Cinemateca e Biblioteca, chega agora Imagens Imaginadas.

Do roubo do quadro O Grito à semiótica da actriz Cláudia Vieira; de pintores italianos do século xv à actualidade voyeurista de Julião Sarmento, entre muitas outras estéticas, Pedro Mexia partilha a sua perspectiva sobre artes plásticas ao mesmo tempo que acompanha o leitor num percurso pelos nomes maiores da pintura e da fotografia.

22
Nov19

Novidade - "História de Portugal" de António Leite da Costa

ddd.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Descobre os acontecimentos e as personagens mais importantes da História de Portugal desde os antecedentes da fundação da nacionalidade até à adesão de Portugal à União Europeia, numa obra de grande rigor científico e enriquecida com as mais recentes investigações.

É uma história inesquecível que já conta com mais de 850 anos.

22
Nov19

Book quote

qt112019.png

A literatura para mim é ambivalente: é um meio para a obtenção permanente de conhecimento e depois pode muito bem ser esta frase de Fernando Pessoa.

Quantas vezes não refugiamos a nossa mente numa boa história para limpar um dia pesado?

Eu acuso-me já!

22
Nov19

Novidade - "O Papagaio de Flaubert" de Julian Barnes

00gf.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Um romance magistral sobre literatura, talento, comboios, compotas de groselha, ursos, vestidos de mulher, George Sand, política, século xix, absurdo, morte, solidão, escritores, crítica literária - e beleza. O inglês Geoffrey Braithwaite - médico reformado e viúvo - atravessa o canal da Mancha e dirige-se a Rouen, a terra natal de Gustave Flaubert. A intenção é ver o papagaio embalsamado que serviu de modelo a Flaubert durante a escrita de um dos seus livros.

Mas o que é apenas uma viagem transforma-se, lentamente, numa lição maravilhosa e genial sobre o autor de Madame Bovary - o seu talento indiscutível, mas também os seus defeitos, manias, tiques insuportáveis, vaidades e medos -, sobre literatura, sobre o amor (entre Braithwaite e a mulher Helen, que morreu recentemente; entre Flaubert e Louise Colet), sobre o que falha e o que não tem sentido na vida, sobre os segredos que a rodeiam e lhe dão sentido.
Tudo para concluir que a vida verdadeira é a vida que vem nos livros. Porque é a única que se pode interrogar.

21
Nov19

Novidade - "À Mesa com os Filósofos" de Normand Baillargeon

001r.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

«Alimentar-se é uma necessidade que transformámos num prazer, em torno da qual elaborámos rituais e que nos convida a todos a interrogarmo-nos e a tornarmo-nos um pouco filósofos».

À Mesa com os Filósofos é dedicado às inúmeras ligações entre a comida e a filosofia. Bastante mais frequentado do que se possa pensar, este é um domínio de estudo dos mais apetecíveis. Na realidade, para pensar a alimentação, mobilizamos um grande número de disciplinas filosóficas, nomeadamente a ética (devemos comer carne de animais ou abster-nos de o fazer?), a estética (a culinária é uma arte ao mesmo nível que a pintura ou a música?), a epistemologia (os juízos de gosto são puramente subjetivos ou educáveis?) ou a política (devemos deixar impor-se o comércio alimentar mundial ou preferir, em seu lugar, o locavorismo?).

Críticas
 
«As obras do filósofo Normand Baillargeon, escritas num estilo vivo e límpido, são impregnadas pela filosofia analítica, pelos valores do Século das Luzes e pelas aspirações da corrente anarquista.»
Jean-Marc Piotte, politólogo

 

Críticas de imprensa
 
«Um livro que reconforta o nosso espírito e o nosso estômago.»
Christophe Rodriguez, Le Journal de Montréal

«Normand Baillargeon é um divulgador talentoso. Torna acessível o que parece mais complexo no pensamento dos filósofos que se pronunciaram sobre a arte da mesa, a culinária ou o vinho.»
Claudia Larochelle, RDI

«Um professor excelente que nos leva a refletir sobre as questões da alimentação. Cada capítulo propõe-nos temas de conversa à mesa.»
Francis Reddy, On n’est pas sorti de l’auberge, ICI Radio-Canada Première
21
Nov19

O fim de "O Livro do Dia" da TSF

21412730_0Fi53.png

 

Era uma desconfiança, mas agora é uma certeza: o programa “O Livro do Dia” da TSF terminou. Fiquei a sabê-lo através do próprio autor, numa mensagem no Instagram.

Falei aqui no blog sobre o programa em diversas ocasiões, por um lado para manifestar o meu apreço e por outro como elemento adicional de dar conhecer um determinado livro.

Há anos que segui o programa, e mesmo quando passava por vezes uma semana se ouvir, depois ouvia todos de enfiada.

Foi uma grande ajuda em variadíssimas ocasiões, para dar a conhecer livros ou para confirmar uma opinião já mais ou menos formada.

21
Nov19

Novidade - "Obras Completas de Maria Judite de Carvalho - Volume 6 - Diários de Emília Bravo" de Maria Judite de Carvalho

04e.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

A presente coleção reúne a obra completa de Maria Judite de Carvalho, considerada uma das escritoras mais marcantes da literatura portuguesa do século XX.

Herdeira do existencialismo e do nouveau roman, a sua voz é intemporal, tratando com mestria e um sentido de humor único temas fundamentais, como a solidão da vida na cidade e a angústia e o desespero espelhados no seu quotidiano anónimo.

Observadora exímia, as suas personagens convivem com o ritmo fervilhante de uma vida avassalada por multidões, permanecendo reclusas em si mesmas, separadas por um monólogo da alma infinito.

O presente volume inclui as crónicas publicadas sob o pseudónimo de Emília Bravo.

20
Nov19

Novidade - "Assim Nasceu Uma Língua" de Fernando Venâncio

0018.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Fernando Venâncio conta-nos a história da língua portuguesa com paixão, elegância e um fino humor. Com rigor e precisão de paleontólogo, Fernando Venâncio começa no primeiro gemido da nossa língua, que remonta há séculos, tão distantes que Portugal ainda nem existia, passando pelos primeiros escritos, até à fala contemporânea que ainda hoje conserva registos, em estado fóssil, dessa movimentação primordial. Máquina do tempo que nos permite recuar à época em que o idioma se formou, Assim Nasceu Uma Língua faz-nos peregrinos numa caminhada que toca a língua galega ou o português brasileiro, evidenciando as profundas derivas que deram forma ao nosso idioma, a que Fernando Venâncio chama «um idioma em circuito aberto».

 

20
Nov19

A minha wishlist por estes dias... e até ao Natal...

112019.png

Quero ver se não incluo mais nada na minha wishlist principal até ao Natal e se consigo "abatê-la" em pelo menos 1/3, o que equivale a dizer em aproximadamente 10 livros. As compras de Natal vão dar uma ajuda...

Esta é provavelmente a wishlist deste ano com menos livros de ficção, e, em contraposto, com mais livros de não ficção, com forte incidência para a divulgação científica. Isso acontece porque são mesmo muitos os títulos com muito interesse nesse campo.

Estando já em fase de arquitetar as minhas leituras para 2020 já sei que vou ter dificuldades em equilibrar ficção não ficção porque existe alguma desproporcionalidade entre os dois campos nos livros que quero mesmo ler (entre os que estão nesta lista e os que já tenho em casa). É um problema de excesso de oferta, mas que vou ter de organizar!

20
Nov19

Novidade - "O Forjador de Almas" de James Rollins

001.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

O comandante Gray Pierce chega a casa na véspera de Natal e descobre que esta foi assaltada. A sua namorada grávida desapareceu e a mulher do seu melhor amigo, Kat, está inconsciente no chão da cozinha. Sem pistas, a sua esperança de encontrar a mulher que ama e o filho por nascer reside em Kat, a única testemunha do que aconteceu. Mas a mulher ferida está à beira do coma e não consegue falar até que um neurologista brilhante propõe uma abordagem radical para «destrancar» a mente dela durante tempo suficiente para fazer algumas perguntas.

O que Pierce descobre através da mente de Kat lança a Força Sigma numa busca febril por respostas ligadas a mistérios que remontam à Inquisição Espanhola e a um dos livros mais sangrentos e odiados da história da humanidade: um texto medieval conhecido como Malleus Maleficarum, o Martelo das Feiticeiras. O que eles descobrem oculto no passado revelará uma verdade assustadora no presente e um futuro no limiar da extinção, forçando-os a confrontar a questão fundamental: o que significa ter uma alma?

Críticas
 
«Com a inteligência artificial estamos a invocar o diabo.»
«Uma montanha-russa de ação.»
Elon Musk

 

Críticas de imprensa
 
«Um thriller arrebatador.»
The Real Book Spy

«Rollins é um fortíssimo contador de histórias.»
South Florida Sun Sentinel
19
Nov19

Novidade - "Cinco Voltas na Bahia e um Beijo para Caetano Veloso" de Alexandra Lucas Coelho

11a.jpg

 

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Cinco Voltas na Bahia e um Beijo para Caetano Veloso, de Alexandra Lucas Coelho, é a resposta a um desafio que a autora recebeu do músico e cantor Caetano Veloso: dedicar um livro inteiro à Bahia, o estado, a cidade de Salvador, o Recôncavo baiano, tendo, lá ao fundo, a terra de Caetano, Santo Amaro da Purificação.

Mas também a Barra, a praia de Itapuã, o Rio Vermelho, num relato que começa em Porto Seguro e Santa Cruz Cabrália, onde chegou Pedro Álvares Cabral e o marinheiro Nicolau, que acaba por ter um papel inesperado e significativo.

O livro é pois uma apresentação, pela mão de uma portuguesa, desse mundo mágico de Jorge Amado, de Caetano, de Maria Bethânia, de João Gilberto, dos terreiros, das mães de santo, do candomblé. Enfim, uma evocação de nomes e lugares que povoam a nossa memória quando evocamos o Brasil.

Cinco Voltas na Bahia e um Beijo para Caetano Veloso é o último volume de uma trilogia, sendo os dos outros Vai, Brasil (1) e Deus-dará (2).

19
Nov19

Leitura - "Como se renovam as nações" de Jared Diamond

0nn.jpg

Mais sobre o livro aqui

 

Acabei há minutos o livro “Como se renovam as nações” de Jared Diamond.

A primeira observação que tenho a fazer é que esteve perfeitamente à altura das (elevadas) expetativas. Diria até que superou.

O primeiro contacto que tive com este livro foi através do blog de Bill Gates (Gates Notes), onde li uma crítica muito positiva e uma recomendação de leitura, algo a dou bastante importância porque até hoje todos os livros que li recomendados por Bill Gates corresponderam na integra ao descrito.

Estive por diversas vezes para comprar em inglês, mas como de costume fui adiando. Com a tradução para português a leitura ganhou urgência, e aproveitado a oferta da Bertrand, assim que o recebi, entrou logo ao serviço.

É um livro muito bem estruturado, onde o autor nos apresenta um leque de países, que ele conhece bem, (e que por isso mesmo assume que a análise é naturalmente condicionada por essa realidade), que passaram ou estão a passar, por crises.

O autor define uma grelha de 12 fatores relacionados com as consequências de crises nacionais, semelhantes até certo ponto às crises pessoais, pontos esses segundo os quais avalia estes países no contexto de ultrapassagem da crise, e aplica a grelha a cada país de forma a mostrar as diferenças / semelhanças identificadas.

Gostei bastante da escrita, simples, direta, pedagógica, assim como da honestidade e humildade do autor na forma como apresenta as suas ideias.

O livro é todo ele uma enxurrada de informação e conhecimento, e só por isso já teria valido a pena. Fiquei a saber coisas sobre países como a Finlândia e o Japão que desconhecia em absoluto. Mas aquilo que mais apreciei foram os capítulos dedicados aos EUA e à crise que o autor considera que o país atravessa (e que eu concordo). Jared Diamond desconstrói muitos dos problemas da política e sociedades americanas com enorme lucidez e visão crítica. Sem qualquer constrangimento por ser americano e sem se focar em Trump, apesar deste ser o reflexo último de muitos dos problemas dos EUA. Acho que está brilhante.

Há uns tempos atrás quando falei em comprar este livro e a Cristina, do blog MyBookNews, sugeriu-me a leitura de outro livro do autor,” Armas, Germes e Aço”, livro esse que comprei (e esqueci de juntar às compras de outubro) mas que acabou por ficar relegado para depois em virtude de ter tido este rapidamente disponível. Provavelmente já não será este ano, mas será leitura obrigatória em 2020.

Em resumo é um livro e um autor que entram para a galeria dos melhores, sem dúvida. Recomenda-se vivamente esta leitura.

5Estrelas.png

 

19
Nov19

Novidade - "As Irmãs Soong: a Mais Velha, a Mais Nova e a Vermelha" de Jung Chang

00tr.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

O regresso da autora de Cisnes Selvagens e da biografia da Imperatriz Viúva Cixi, com uma nova e arrebatadora narrativa sobre três mulheres no coração da China do século xx. Uma grande história de poder, amor, conquista e traição.

Um dos maiores contos de fadas modernos chineses é o das três irmãs de Xangai que, durante quase todo o século xx, estiveram no centro do poder na China. Dizia- -se que uma «adorava o dinheiro», outra «adorava o poder» e a terceira «adorava o seu país», mas há muito mais para além destas caricaturas. Enquanto a China passava por um século de guerras, revoluções e transformações sísmicas, cada uma delas desempenhou um papel importante ou mesmo crítico, deixando uma marca indelével na História.

A Irmã Vermelha, Ching-ling, casou-se com Sun Yat-sen, pai fundador da República Chinesa. A Irmã Mais Nova, May-ling, era a senhora Chiang Kai-shek, primeira-dama da China nacionalista pré-comunista e uma figura política por direito próprio. A Irmã Mais Velha, Ei-ling, era a conselheira principal não oficial de Chiang; tornou--se uma das mulheres mais ricas da China e fez do seu marido primeiro-ministro de Chiang. As três irmãs gozaram de enorme privilégio e glória, mas também sofreram constantes ataques e perigos mortais. Mostraram grande coragem, viveram o amor apaixonado, mas também o desespero e a perda. A relação entre elas tinha uma carga emocional fortíssima.

Uma história de amor, guerra, exílio, intriga, glamour e traição, que nos transporta numa imensa viagem de Cantão ao Havai e a Nova Iorque; dos aquartelamentos de exílio no Japão e em Berlim às salas de encontros secretos em Moscovo; dos complexos da elite comunista em Pequim aos corredores do poder do Taiwan democrático.

18
Nov19

Novidade - "Uma História da Bíblia" de John Barton

000yt.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

A Bíblia é o livro central da cultura ocidental. Para as duas fés que o consideram sagrado, é a base da sua religião, uma autoridade exclusiva sobre aquilo em que acreditar e sobre como se deve viver a vida.

Também para os não crentes tem um estatuto importante: é uma das grandes obras da literatura mundial, que impregna de um modo incomparável a nossa linguagem e o nosso pensamento.
Este livro conta a história da Bíblia, explicando como foi construída e como tem sido entendida, desde os seus primórdios remotos até ao presente.

John Barton descreve como e quando foram escritas as narrativas, leis, provérbios, profecias, poemas e cartas que compõem a Bíblia, o que sabemos - e o que não sabemos - sobre os seus autores e respetivas intenções, bem como que tipo de relação estes escritos díspares mantêm entre si.

Críticas
 
«Uma obra sábia e sã sobre um livro que tem inspirado tanto insanidade como sabedoria. É um marco na sua área, e uma força para o bem.»
Diarmaid MacCulloch, historiador da religião

 

Críticas de imprensa
 
«Com perspicácia emocional e psicológica, Barton solta o gigante adormecido da nossa cultura. E, ao fazê-lo, cria uma obra-prima.»
Sunday Times

«Barton é um guia fiável […]. Uma obra séria para leitores sérios. Nela encontram tudo o que desejam e muito mais, descrito e explicado claramente.»
Richard Harries, Literary Review

«Uma narrativa magistral sobre o Livro e a sua história […]. Esta é a obra com a qual confrontar os novos ateus que citam excertos embaraçosos do Antigo Testamento para desacreditar o projeto de Deus. […] Fascinante.»
Melanie McDonagh, Evening Standard
18
Nov19

As promoções dos livros dão cabo de mim...

descontos.png

 

São as flash sales, os hot deals, os 20 % a 50% que incluem novidades, os portes grátis, o valor em cartão, os livros da semana, do mês, enfim... um convite constante ao gasto em livros.

Hoje em dia, quase diariamente as livrarias e os supermercados têm uma oferta de promoções e descontos em livros que obrigam a andar sempre a abrir os cordões à bolsa.

Mesmo nas novidades, que não podem ultrapassar os 20% de desconto há sempre a tentação porque 20% é melhor do que nada.

Mesmo continuando a comprar muita coisa no OLX, raro é o mês em que eu não tenho mais aquele livro para comprar para aproveitar o desconto.

Pode parecer que este post é desagrado, mas não é... o desagrado é só do orçamento, eu, enquanto leitor e consumidor de livros fico todo contente!

18
Nov19

Novidade - "Branco Puro" de Ragnar Jónasson

000rt.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Pela mão de um dos autores de maior sucesso do policial nórdico, Branco Puro transporta-nos para uma paisagem de neve única e arrepiante…
O corpo de uma jovem é encontrado no fundo de uma falésia, perto do farol de Kálfshamarsvík. Terá sido suicídio? Em pleno inverno, com a neve intensa e a violência das ondas no local, ela poderá simplesmente ter tropeçado e caído.

Mas quando o inspetor Ari Thór descobre que, 25 anos antes, a mãe e a irmã mais nova da vítima haviam perdido a vida no mesmo local, logo surge a suspeita de que a causa da morte pode não ter uma explicação assim tão simples, e que algo mais sinistro poderá, afinal, ter acontecido.

17
Nov19

Novidade - "As Primeiras - Pioneiras portuguesas num mundo de homens" de Luísa V. de Paiva Boléo e M. Margarida Pereira-Müller

sddd.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

As biografias de mulheres pioneiras portuguesas: a primeira advogada, médica, mulher-polícia, faroleira, camionista, aviadora, paraquedista, guarda-freio, reitora, maestrina, realizadora de cinema, maquinista da CP, forcada, juíza no Supremo Tribunal de Justiça, reitora, antropóloga, entre tantas outras. Mulheres que conseguiram entrar num mundo que lhes estava até ali vedado, e que tiveram a coragem de se emancipar tornando-se inspiradoras da mudança na senda da igualdade de oportunidades.

foto do autor

Livros de 2020

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Um Leitor has read 0 books toward their goal of 25 books.
hide

O Leitor está a ler

Parcerias

Livros Técnicos Fev 2020 - Mrec

O Ministério no Instagram

Email do Blog

blogministeriodoslivros@gmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Calendário

Novembro 2019

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930