Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

Leitura - "Factfulness" de Hans Rosling, Ola Rosling e Anna Rosling Ronnlund

25.03.19

sddsdasd.jpg

 

Há livros e livros (tenho a certeza de já ter aqui escrito isto antes). Este é sem qualquer sombra de dúvida um Livro com letra maiúscula.

Tinha as mais elevadas expetativas em relação ao livro, e terminado que está é muito fácil afirmar que foram largamente ultrapassadas.

É um livro que põe à prova o nosso conhecimento e, mais ainda, pelo menos no meu caso, a nossa ignorância em relação ao mundo em que vivemos. É uma bofetada. Com força.

Deixem-me tentar resumir por pontos, para não me perder, a minha opinião sobre o livro:

- É claro e transparente. Dá-nos informação de forma clara e crua. Ao lê-lo tive a sensação de me estarem a dar uma injeção de realidade.

- É um livro factual. Com muitos números e estatísticas que permitem conhecer melhor o mundo em que vivemos.

- É uma enciclopédia de conhecimento, com muito exemplos na primeira pessoa, por alguém que, pasme-se cometeu erros e vem assumi-los (para muita gente que conheço e que nunca comete erros esta parte deverá vir assinalada com uma nota de “Atenção pode ferir a sensibilidade dos leitores mais sensíveis”).

- É pedagógico no sentido em que nos ensina e faculta ferramentas para procurarmos mais informação.

- É uma oportunidade para parar, absorver e questionar inclusive à cerca da forma como muitas vezes olhamos para a realidade.

Este livro é um manual do mundo atual. Uma fotografia e não um quadro. Não vale a pena estar aqui a falar sobre um ou outro ponto, o livro é um todo. É preciso ler para perceber.

Para quem tem dúvidas se deve ler o livro, esqueça, se tem interesse em conhecer a realidade do mundo para além do que nos chega pelos meios convencionais, é mesmo para ler.

Há uma frase de Bill Gates na capa do livro que refere o seguinte “Um dos livros mais importantes que já li – um guia indispensável para pensar claramente acerca do mundo”. É isto mesmo nem mais nem menos.