Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

Man Booker Prize International 2019 - longlist

16.03.19

Foi conhecida na quarta feira a longlist para o Man Booker Prize International de 2019.

  1. Celestial Bodies, de Jokha Alharthi (Omã). Traduzido por Marilyn Booth (Sandstone Press);
  2. Love In The New Millennium, de Can Xue (China). Traduzido por Annelise Finegan Wasmoen (Yale University Press);
  3. The Years, de Annie Ernau (França). Traduzido por Alison L. Strayer (Fitzcarraldo Editions);
  4. At Dusk, de Hwang Sok-yong (Coreia do Sul). Traduzido por Sora Kim-Russell (Scribe);
  5. Jokes For The Gunmen, de Mazen Maarouf (Palestina). Traduzido por Jonathan Wright (Portobello Books);
  6. Four Soldiers, de Hubert Mingarelli (França). Traduzido por Sam Taylor (Portobello Books);
  7. The Pine Islands, de Marion Poschmann (Alemanha). Traduzido por Jen Calleja (Serpent’s Tail);
  8. Mouthful Of Birds, de Samanta Schweblin (Argentina). Traduzido por Megan McDowell (Oneworld);
  9. The Faculty Of Dreams, de Sara Stridsberg (Suécia). Traduzido por Deborah Bragan-Turner (MacLehose Press)
  10. Drive Your Plow Over The Bones Of The Dead, de Olga Tokarczuk (Polónia). Traduzido por Antonia Lloyd-Jones (Fitzcarraldo Editions);
  11. The Shape Of The Ruins, de Juan Gabriel Vásquez (Colômbia). Traduzido por Anne McLean (MacLehose Press);
  12. The Death Of Murat Idrissi, de Tommy Wieringa (Holanda). Traduzido por Sam Garrett (Scribe);
  13. The Remainder, de Alia Trabucco Zeran (Chile). Traduzido por Sophie Hughes (And Other Stories).

A vendedora do ano passado, Olga Tokarczuk, está novamente nomeada este ano. O livro vencedor "Viagens", foi publicado em Portugal já este mês de março.

O livro vencedor de 2017, "Um cavalo entra num bar" de David Grossman foi uma das minhas leitura de 2018.

Novidade - "O Valor de Tudo" de Mariana Mazzucato

16.03.19

awqq.jpg

 

Sinopse:

Quem são de facto os criadores de riqueza no mundo? E como é definido o valor do que fazem? No cerne da crise económica e financeira atual está um problema que tem sido ignorado.

O conceito de valor - o que é e qual a sua importância -, outrora um alicerce do pensamento económico, deixou de ser debatido. Mariana Mazzucato, neste livro perspicaz e veemente, demonstra que se queremos introduzir reformas no capitalismo - que terão de ser radicais para transformarmos um sistema que está cada vez mais doente e não continuarmos a alimentá-lo - precisamos urgentemente de perceber onde é produzida a riqueza. Que atividades a criam, quais delas se limitam a extraí-la e quais a destroem? As respostas a estas perguntas são fundamentais se queremos substituir o atual sistema parasitário por um tipo de capitalismo mais sustentável, mais simbiótico, e que beneficie toda a gente.

O Valor de Tudo reacende um debate muito necessário sobre o tipo de mundo em que realmente queremos viver.