Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

Novidade - "Pequenos Fogos em Todo o Lado" de Celeste Ng

29.05.18

1507-155.jpg

 

"Pequenos Fogos em Todo o Lado" de Celeste Ng. É um dos livros mais aguardados por este Leitor. Li várias críticas muito boas ao livro e certamente não foi por acaso ganhou o título de melhor livro de ficção para a Goodreads.

Reconheço que, neste momento, é o livro que reúne maior interesse e curiosidade da minha parte. Será para adquirir esta semana na feira do Livro.

Editora: Relógio D´Àgua.

 

Sinopse:

Em Shaker Heights, um pacato subúrbio de Cleveland, está tudo previsto — desde o traçado das ruas sinuosas até à cor das casas, passando pelas vidas bem-sucedidas que os seus residentes levam. E ninguém encarna melhor esse espírito do que Elena Richardson, cujo princípio orientador é obedecer às regras do jogo. A esta idílica redoma chega Mia Warren — uma artista enigmática e mãe solteira — com a filha adolescente, Pearl. Mia arrenda uma casa aos Richardsons. Rapidamente Mia e Pearl se tornam mais do que inquilinas: os quatro filhos dos Richardsons sentem-se cativados pelas duas figuras femininas. Mas Mia traz consigo um passado misterioso e um desprezo pelo statu quo que ameaçam perturbar esta comunidade cuidadosamente ordenada. «Um livro maravilhoso. Divertido, inteligente e sensível.» Paula Hawkins   «Celeste Ng é sempre arguta, desafiante, generosa e original.» Meg Wolitzer «Provavelmente o meu livro favorito do ano.» John Green «Uma história intensa e emocionante.» The Times «Peguei no livro e não o consegui largar.» Jodi Picoult «Um livro espantoso.» Matt Haig

Leituras - "Correr para Vencer" de Phil Knight

29.05.18

21011489_IwSfr.jpg

 

Está concluído o livro “Correr para Vencer”, a autobiografia do cofundador da Nike, Phil Knight.

Antes de mais é preciso dizer que gostei bastante do livro e que este está muito bem conseguido.

A linguagem utilizada é muito clara, havendo muitos momentos em que parece que estamos a ler o diário do autor ao longo dos anos (e provavelmente até estamos).

É um livro de discurso direto, sem subterfúgios, onde se fala das vitórias e das derrotas, avanços e recuos, dos problemas e nas situações de pré-colapso com toda a naturalidade, numa atitude muito americana que bastante aprecio.

O autor expõe-se de sobremaneira no livro, fala sobre as suas angustias, medos, relações familiares, etc., e é extremamente interessante perceber que aquilo que hoje é um monstro internacional (Nike) esteve por diversas vezes à beira de fechar portas, sendo que tal não aconteceu, em grande medida devido à perseverança dos seus gestores e também divido às suas caraterísticas muito particulares.

Os americanos podem ter muitos defeitos, mas tem uma postura perante a vida, perante o sucesso e o fracasso que muito admiro. Este livro retrata de forma muito contundente essa realidade.

Há uma frase ainda no início do livro que rejeitei particularmente: diz o autor que se é parte fracassar que o fracasso chegue o mais rápido possível para ter mais tempo para recomeçar. Isto diz muito e é tão diferente do que vemos no dia à dia.

Trata-se de uma biografia (uma biografia parcial já que acaba, com a exceção de um capitulo final, no início dos anos 80) que vai figurar no top das minhas preferidas. É um livro que tinha debaixo de olho há muito tempo e me deu imenso gozo ler. Sempre tive (desde pequeno) uma grande paixão por marcas desportivas e a Nike sempre esteve no topo, pelo que, a leitura deste livro fez todo o sentido. Excelente leitura.