Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ministério dos Livros

Um blog sobre livros e seus derivados

25
Nov20

Novidade - "Alice do Lado Errado do Espelho" de Pedro Rodrigues

adadadadad44.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

E se um dia acordássemos do outro lado do espelho? E se a maçã vermelha de Eva fosse a mesma que a Branca de Neve trincou? Será que a Rapunzel cortou o cabelo para evitar o contacto social? E o Lobo: porque é que é sempre ele o mau da fita? Estaria a profecia da Bela Adormecida certa? E a Cinderela: precisaria, ela, de ir ao baile para ser feliz? De uma coisa devemos estar certos: o mundo pode ruir como um póquer de ases - mas voltará a erguer-se como um castelo de cartas.

A Capuchinho-Vermelho encomendou a comida para a avó pela Uber Eats mal sabia ela que o entregador era o Lobo Mau.

25
Nov20

Novidade - "Duna" de Frank Herbert

addaadad33478.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Obra-prima de Frank Herbert, Duna decorre no planeta deserto de Arrakis. Narra a história de Paul Atreides, herdeiro de uma família nobre encarregada de governar um mundo inóspito, onde a única coisa de valor é uma especiaria, melange, que é na verdade uma droga capaz de prolongar a vida e expandir a consciência. Cobiçada em todo o universo conhecido, a melange revela-se um tesouro pelo qual as pessoas estão dispostas a matar.

25
Nov20

Leitura - "Rage” de Bob Woodward

adadadadd445r6.jpg

Mais sobre o livro aqui

“Trump is the wrong man for the job”. É assim que termina “Rage” o livro de Bob Woodward que ontem conclui.

Podemos dizer, por tudo o que vimos e ouvimos nos últimos quatro anos, que não se trata de uma conclusão brilhante nem surpreendente, no entanto mereceu algumas críticas ao jornalista e autor pelo facto de ter tomado uma posição crítica e menos equidistante em relação ao “objeto” de estudo do seu livro. O autor defende-se, e bem, na minha modesta opinião, dizendo que se trata de uma conclusão óbvia de tudo o que escreveu ao longo do livro. E é de facto.

O livro tem por base 17 entrevistas que o autor fez e gravou (16 delas) com Trump desde o final de 2019 até junho / julho de 2020 e muitas outras com outras personalidades próximas dele, e ainda de informação recolhidas junto de fontes referenciadas como fidedignas.

Considerando os timings, o livro acaba por retratar de perto a gestão que Trump fez /não, fez da pandemia, a forma como se comporta, como reage como é visto pelos pares, as suas atitudes irrefletidas, comportamentos de criança de tudo menos de um presidente dos EUA.

Há inúmeros relatos que parecem saídos de um mau livro de ficção. Muitos da boca do próprio Trump. São referidas e explicadas em detalhe situações que apenas tivemos visibilidade pela rama (como despedimentos de elementos da sua Administração).

O epílogo do livro é por si só uma peça jornalística de grande qualidade. Um resumo perfeito de Trump, da sua presidência e de alguns que o rodeiam, explicando de forma simples, mas detalhando aquilo que todos sabemos, Trump é o homem errado para o lugar.

Um livro de grande qualidade que merece leitura, mesmo para quem esteja farto de Trump.

5Estrelas.png

 

24
Nov20

Novidade - "Não Mais Amores" de Javier Marías

33334fgt.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Uma irresistível porta de entrada na obra de um dos mais aclamados autores espanhóis do presente.
Excelente porta de entrada no universo Marías, Não mais amores reúne todos os contos do autor, não apenas os que entraram em anteriores antologias como muitos outros nunca antes reunidos em livro.
E é um universo esplêndido o que encontramos, pleno de mistérios e volte-faces, de sombras e matizes, convidando a várias leituras. Nestas páginas encontramos um tradutor metido em sarilhos durante a rodagem de um filme com Elvis Presley; uma mulher que lê para um fantasma; um médico que visita mulheres presas a casamentos infelizes; um guarda-costas que testemunha a preparação de um homicídio; uma aspirante a actriz porno à espera de conhecer o seu companheiro no filme; um homem e uma mulher assassinados por uma lança africana; um mordomo fechado num elevador em Nova Iorque; um casal de mafiosos caído em desgraça; um assassino por encomenda que tenta dissuadir aqueles que o querem contratar; um escritor viciado em medicamentos que põe de lado a medicação para investigar o efeito da dor na existência. O mundo dos contos de Javier Marías é tão inquietante e sedutor que é difícil não mergulhar nele, encantados, enfeitiçados, mesmo sem saber se seremos capazes de sair.

Black Friday 2020 | 20% a 50% em TODOS os livros | Billboard V2

24
Nov20

"Cosmos - Mundos Possíveis" versão explicada e aumentada

addadadaad.jpg

Já aqui escrevi várias veze sobre o livro “Cosmos - Mundos Possíveis” de Ann Druyan, e sempre que o fiz deixei rasgados elogios e recomendei fortemente a sua leitura. Não só é um excelente livro em termos de conteúdo, como é uma obra de grande beleza.

Para reiterar tudo o que já disse sobre o livro, e para quem desse lado possa ter interesse, venho juntar mais um argumento de recomendação.

Recendente, no Ciclo de Confereências promovido pela Fundação Francisco Manuel dos Santos, “Mês da Ciência e da Educação 2020”, e mais concretamente na conferência “Cosmos - Mundos Possíveis” a autora do livro, Ann Druyan, esteve à conversa com o professor Carlos Fiolhais.

Foi uma hora de conversa extremamente interessante que vale muito a pena ouvir. Registo uma frase, já perto do final, em que autora diz “que irá continuar a lutar pela ciência e pelos valores democráticos que tornam a ciência possível”. Espreitem. Não é tempo perdido.

23
Nov20

Novidade - "Versátil" de David Epstein

sadad44566.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Mal o pai de Tiger Woods percebeu que o filho tinha um talento fora de série, fez de tudo para o tornar num profissional. Com o tenista Roger Federer foi diferente. A mãe era instrutora mas nunca deu aulas ao filho. Deixou-o à vontade para praticar desde basquetebol a futebol, andebol, squash e badmington. E apoiou-o quando ele decidiu jogar ténis. Um encontro entre Tiger e Federer dá início a este livro fascinante, que põe frente a frente duas filosofias distintas. E que deita por terra o mito de que a especialização é condição necessária ao sucesso.

David Epstein estudou o percurso dos mais bem-sucedidos atletas, artistas, músicos, inventores e cientistas e chegou à conclusão de que há mais generalistas no topo das suas profissões do que especialistas, sobretudo em áreas de grande complexidade e imprevisibilidade. Os generalistas tendem a focar-se na carreira mais tarde, depois de vários desvios, de acumularem experiências e de "testarem" diferentes interesses. São por norma mais criativos e flexíveis, estão mais bem equipados para executar tarefas vedadas aos computadores.

Obra rigorosa e provocadora, Versátil defende ideias como falhar é a melhor maneira de aprender e os que sabem desistir são em geral os que encontram as profissões que mais os preenchem. Prova que mais vale começar tarde e fazer exatamente o que se quer. De Vincent Van Gogh a J.K. Rowling, não faltam exemplos.

Black Friday 2020 | 20% a 50% em TODOS os livros | Billboard

23
Nov20

Novidade - "Órix e Crex - O Último Homem" de Margaret Atwood

fsfft6y7yu.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Pode ser que os porcos não voem, mas estão completamente alterados. O mesmo se passa com os lobos e outros animais. Um homem, que em tempos se chamou Jimmy, vive numa árvore, embrulhado no seu lençol e diz chamar-se Homem das Neves. A voz de Órix, a mulher que ele amava, provoca-o e persegue-o. E os Filhos de Crex são agora responsabilidade sua. Como é que o mundo inteiro se desmoronou tão depressa?
Com a sua habitual agudeza de espírito e o seu humor negro, Margaret Atwood apresenta-nos um mundo novo, habitado por personagens que não nos deixarão acabado o último capítulo.

Críticas de imprensa
 
«Uma leitura desconcertante.»
Guardian

«Este romance brilhantemente elaborado quase refuta a hipótese inicial da autora.»
Daily Telegraph

«Extremamente cativante e de uma imaginação notável.»
Sunday Times

«Órix e Crex é um sucesso e uma descoberta.»
London Review of Books
 
 
Black Friday 2020 | 20% a 50% em TODOS os livros | Billboard
23
Nov20

Bibliomóvel, ou os meus primórdios como leitor

asd5t.png

Este post é sobre um artigo que li no fim de semana e uma lembrança com mais de 30 anos. O artigo é da Visão, “Bibliomóvel de Penafiel: os livros que a peste não levou”, a lembrança com mais de 30 anos é minha e também inclui o Bibliomóvel.

Já aqui escrevi anteriormente que nasci e cresci numa pequena aldeia do Alto Alentejo, com cerca de 1000 habitantes, onde a única biblioteca física existente era a da escola primária, com cerca de três dezenas de livros, muitos técnicos e antigos (lembro-me em particular de um que ensinava a jogar ténis) que pouca gente lia.

Havia, no entanto, um refúgio. Mensalmente, passava na aldeia a Biblioteca Itinerante da Gulbenkian, o equivalente ao que é hoje o Bibliomóvel.

Lembro-me da primeira vez que lá fui. A medo, envergonhado, mas rapidamente isso passou, porque o bibliotecário de serviço, mais tarde carinhosamente apelidado por nós de “Sr. Engraçadinho”, pôs-me à vontade e deu-me as boas vindas.

Devo muito a esse senhor porque me aconselhou e escolheu livros, e de certa forma foram muitas das suas escolhas que me criaram o bichinho da leitura. Todos os meses, lá estava para trocar os livros que tinha requisitado no mês anterior e levar novas histórias. Foi aí que descobri “Os Cinco” e mais tarde “Uma Aventura”.

Quando li a notícia da Visão senti-me a regressar ao passado. Os tempos são outros, e hoje são ainda “mais outros” no contexto que vivemos, mas o fundamento é o mesmo: estas carrinhas cheias de livros levam vidas novas a quem está muito afastado da vida que a maioria de nós conhece. Sejam crianças ou idosos, mais de trinta anos depois o seu efeito continua a ser o mesmo: criam leitores, e isso, nos dias que correm é uma tremenda vitória.

Nota: leiam o artigo que vale bem a pena.

22
Nov20

Novidade - "Um Crime da Solidão - Sobre o Suicídio" de Andrew Solomon

ewewee5563.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Andrew Solomon, conhecido dos leitores portugueses através dos livros O Demónio da Depressão e Longe da Árvore, reúne neste volume uma série de textos sobre o suicídio, analisado sempre a partir de uma história pessoal ou de um caso concreto: quer do círculo mais íntimo do autor, como, por exemplo, o inesperado suicídio do exuberante amigo Terry, ou o suicídio assistido da mãe; quer de figuras públicas, como os de Anthony Bourdain ou Robin Williams, ou até os de celebridades literárias, como David Foster Wallace ou Sylvia Plath.

Um Crime da Solidão reflete sobre o suicídio, as suas causas e circunstâncias (solidão, depressão), o efeito de imitação, os aspetos facilitadores (como o fácil acesso a armas) e a incompreensível incidência em pessoas aparentemente realizadas e bem-sucedidas. São nove magníficos textos, na prosa sempre inteligente e cativante de Andrew Solomon.

22
Nov20

Novidade - "A República à Deriva" de Sérgio Sousa Pinto

ddadr566.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

«Aqueles que recusam o socialismo de miséria (como Mário Soares o apelidava), o igualitarismo andrajoso e burocrático, são agora de direita. É fácil, portanto, nos tempos que correm, ser de direita. Basta, por exemplo, denunciar a colonização do PS, e sobretudo das suas novas gerações, pela beatice populista da defesa hipócrita dos deserdados reais e imaginários, segregada pelo BE e outras seitas menos bem-sucedidas.
Seis anos de geringonça e de complacência para com adversários do nosso sistema de valores, cortejando-os, adulando-os, desdramatizando diferenças na esperança do voto indispensável quando chega a anual hora da verdade, ameaçam a alma do PS ou, como Soares lhe chamava, a fronteira da liberdade
Sérgio Sousa Pinto

22
Nov20

Notícias do mundo livresco

Notícias.pngAqui ficam algumas notícias do mundo livresco. Bom domingo!

- Estão a decorrer até 30 de novembro as votações finais para o Goodreads Choice Awards. Os vencedores serão conhecidos a 8 de dezembro.

- Quentin Tarantino assinou um acordo com a Harper Collins para publicar dois livros. O primeiro será a adaptação para romance de “Era Uma Vez em… Hollywood”. O segundo será um livro de não-ficção que se deverá chamar “Cinema Speculation”.

- O livro de memória de Barack Obama, "Uma Terra Prometida", vendeu praticamente 900 000 cópia nas primeiras 24 horas, apenas nos EUA e Canadá;

- O poeta Francisco Brines foi distinguido com o Prémio Cervantes, o mais importante prémio literário em Espanha.

- No próximo ano será editado um novo livro de J. R. R. Tolkien. O livro terá como título “The Nature of Middle-Earth” e será um conjunto de textos que fornecem mais informação e contexto sobre a Terra Média.

- Foram conhecidos esta semana os vencedores do National Book Awards. Sobre os vencedores nas duas principais categorias: na ficção venceu Charles Yu, com o livro "Interior Chinatown", na não ficção o prémio foi para Les e Tamara Payne pelo livro "The dead are arising: The life of Malcom X".

21
Nov20

Novidade - "Definitivamente Não Abras Este Livro" de Andy Lee; Ilustração: Heath McKenzie

daaada34.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Após o sucesso dos 3 primeiros livros, Andy Lee pede novamente aos seus leitores de todo o mundo para não abrirem este livro. Definitivamente!
Vem descobrir o que acontece neste livro, se virares as páginas.
Mais um livro com um final surpreendente, que não o vai deixar desiludido.

Nota do autor
 
«Eu estou a implorar-te. Por favor, não vires a página outra vez.»
Andy Lee
21
Nov20

Livros que chegam até ao Ministério – “O Segredo da Serra da Lua" e "Por Trás da Cara de um Anjo"

ddadadada55r6.png

Como já vem sendo hábito aqui no blog, periodicamente dedico um dia para divulgar livros e autores que chegam até ao Ministério dos Livros.

Hoje deixo dois livros da autora Carolina Sousa.

Podem obter mais informação sobre os livros e a autora no seu blog: http://coisasqueacarolinaescreve.blogspot.com/

Sinopses:

'O Segredo da Serra da Lua'

O segredo da Serra da Lua é um romance inspirado numa reportagem jornalística sobre a existência de rituais de magia negra na Serra de Sintra.

Nessa reportagem levantava-se a possibilidade de alguns desaparecimentos de crianças no nosso país, estarem relacionados com esses rituais satânicos, numa Serra que, defendem os entendidos, tem tudo para servir esse mundo de espiritismo e crença: Antas, vilas romanas, túneis e grutas; envoltos numa floresta onde habitualmente cai um estranho nevoeiro…

Um jovem casal, já a viver uma grave crise na sua relação, torna-se vítima de uma seita, poderosa e cruel.

Se a desconfiança já pairava entre eles, agora tem o seu domínio pleno, pois alguém próximo, muito próximo, está prestes a fazê-los perder tudo, até o amor pela própria vida.

Conseguirão encontrar forças para se libertarem desta aglutinante teia? Ou terão de abandonar os mais profundos ceticismos para recuperarem o que mais prezam no mundo?

O “Monte da Lua”, como também é chamada, irá tornar-se o cenário de uma história que, começando com um mero acidente automóvel, desenrolar-se-á num complicado enredo sobre amor e ciúme, desconfiança e religião, ceticismo e fé, realidade e algo para além disso…

'Por Trás da Cara de um Anjo'

Duas amigas, Luísa e Natália, sócias de uma loja de antiguidades, são vítimas de um atentado.

Uma sobrevive, mas a outra não.

Manuel, um conceituado cirurgião plástico, marido de uma e com uma relação secreta com a outra, é chamado ao hospital.

A suspeita da origem do atentado recai sobre a amante, Natália, que todos julgam estar morta. Mas Manuel acredita que é ela a sobrevivente.

Apaixonado, e para a proteger, dá-lhe o ‘corpo’ da sua esposa: Luísa.

Esta, após alguns meses de coma, acorda quase sem memória.

E é nesta condição, que terá de descobrir quem era verdadeiramente a sua sócia, quem é o homem que tem ao seu lado, que seita quer destruir o Vaticano e, acima de tudo, quem é ela afinal.

...E a resposta para tudo isto pode estar no Diário de Maria Madalena.

20
Nov20

Novidade - "Munique" de Robert Harris

dsasd.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Munique, Setembro de 1938
Hitler está determinado a começar uma guerra.
Chamberlain tudo fará para conservar a paz.
Os dois líderes vão reunir-se numa cidade que ficará para sempre conhecida pelo que nela está prestes a acontecer.

Enquanto o avião de Chamberlain faz a travessia turbulenta do Canal da Mancha e o comboio do Führer avança para sul a todo o vapor, dois jovens viajam com os seus chefes. Amigos em tempos de paz, veem-se agora em lados opostos do conflito.

À medida que a hora mais negra da Europa se aproxima, o destino de milhares de vidas poderá depender deles - e dos segredos que se empenham em esconder.

Críticas de imprensa
 
«Tão bom que dá vontade de aplaudir.»
The Times

«Uma vez mais, Robert Harris dá vida à História com o seu extraordinário talento.»
The Washington Post

«Um thriller de grande rigor histórico, solida e engenhosamente concebido.»
The Wall Street Journal

«Robert Harris é um excecional contador de histórias.»
Express
20
Nov20

Novidade - "Sentir & Saber - A caminho da consciência" de António Damásio

250x.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Nas últimas décadas, numerosos filósofos e cientistas cognitivos têm debatido a consciência como se fosse uma questão à parte, dando-lhe um estatuto especial, o de problema único, não apenas difícil de investigar mas insolúvel. Porém, António Damásio está convencido de que as mais recentes descobertas da Neurobiologia, da Psicologia e da Inteligência Artificial nos facultam as ferramentas necessárias para solucionar este mistério. Em 49 breves capítulos, o autor ajuda-nos a compreender a relação entre a consciência e a mente; porque estar consciente não é o mesmo que estar acordado e não precisa de mente; o papel fundamental dos sentimentos; e a relação entre o cérebro biológico e o desenvolvimento da consciência.

António Damásio não realiza apenas uma síntese entre as descobertas de várias ciências e as perspetivas da filosofia: apresenta a sua própria e original investigação, que tem transformado o entendimento do cérebro e do comportamento humanos.

Nota do autor
 
«A pergunta seguinte diz diretamente respeito à consciência: como é que o cérebro constrói experiências mentais que associamos inequivocamente a nós próprios? Sobretudo na última década, vários investigadores destacados têm aventado respostas a esta questão mas nenhuma delas foi considerada plenamente satisfatória. Espero que as soluções adiantadas no presente livro nos aproximem de uma resposta adequada e que sejam entendidas como um Manifesto sobre o Problema da Consciência.»
António Damásio"
20
Nov20

Booker Prize 2020... e o vencedor é... Douglas Stuart

sfsfffsfs.jpg

Foi ontem entregue um dos mais importantes prémios literários a nível internacional: o Booker Prize.

O Vencedor deste ano foi o escocês Douglas Stuart com o livro "Shuggie Bain".

Deve confessar que para mim o autor era até há pouco tempo um perfeito desconhecido. Só a quando da divulgação da shortlist de nomeados para o prémio é que li alguma coisa sobre o autor.

Ao que se sabe o autor demorou 20 anos a escrever o romance, que tem uma natureza muito autobiográfica. O livro relata a história de um filho homossexual, Shuggie, e a sua mãe que sofre de alcoolismo, na Escócia dos anos 80.

Segundo descrito no site do Booker Prize o livro “revela a crueldade da pobreza, os limites do amor e o vazio do orgulho, Shuggie Bain é uma estreia devastadora e comovente e uma exploração do amor impossível de afundar que apenas as crianças podem sentir por pais perturbados”

Depois de ano passado o prémio ter sido atribuído a Margaret Atwood e Bernardine Evaristo, este ano o jurí do prémio fez uma escolha de autores muito diferencias e mais jovem, deixando inclusive de fora Hilary Mantel, que para muitos seria uma vencedora antecipada.

Cá fico à espera da tradução, que certamente chegará, provavelmente lá para o início de 2021.

Mais sobre o livro aqui.

19
Nov20

Novidade - "O Osso do Meio" de Gonçalo M. Tavares

asss4r5t6.jpg

Mais sobre o livro aqui

Sinopse:

Talvez um tom, os livros com tons (cores, agressividades, velocidades) e não géneros literários. Um tom, este: como flui o mal, a excitação, a passividade, a violência, pelos muitos solos da terra? Passado num período de pós-guerra, num movimento de ressaca colectiva.

É um livro onde o meio aí está, logo no início, e aí fica até ao final. Três homens e uma mulher apanhados num ponto das suas violentas vidas (quase) felizes. A felicidade tem muitas variantes e algumas nada benignas. Kahnnak, Albert Mulder, Maria Llurbai, Vassliss Rânia, três homens e uma mulher.

Um livro duro e triste.

19
Nov20

Novidade - "Apanhados pelo Vírus" de Carlos Fiolhais e David Marçal

saad45.jpg

Mais sobre o livro aqui

A possibilidade de ficar a conhecer a realidade pela mão da credibilidade.

Sinopse:

Fomos todos apanhados pelo vírus. Não apenas os infectados com o SARS-CoV-2, mas também a multidão que viu o seu quotidiano virado do avesso de um dia para o outro. Muito se disse e desdisse. As próprias autoridades de saúde, que inicialmente desaconselharam o uso de máscaras, pouco depois tornaram-nas obrigatórias. Os teóricos da conspiração fizeram prova de vida, espalhando os mais incríveis disparates, como a associação do vírus às radiações 5G. À pandemia da COVID-19 juntou-se uma infodemia: ficámos inundados de desinformação.
A primeira parte deste livro expõe resumidamente não só o que realmente já se sabe, à luz da ciência, mas também as dúvidas que ainda persistem. Na segunda contradizem-se ideias erradas que têm circulado acerca do novo coronavírus - algumas mais absurdas do que outras. Na última encontra-se um «guia» para acompanhar a ciência em directo, pois as dúvidas e o debate dos cientistas no espaço público poderão causar alguma confusão ao público. O livro termina com a palavra esperança.

19
Nov20

"Aquele" livro - "Uma Terra Prometida" de Barack Obama

obama1.png

Para quem gosta de respirar livros há sempre mais um na calha, ou mais dois, ou mais cinquenta, mas, por vezes de entre todos, existe “aquele” livro pelo qual se está à espera.

Para mim este livro é “aquele”, "Uma Terra Prometida" de Barack Obama, o livro que escolheria se apenas pudesse ler um nos próximos seis meses.

Porquê? Bom, desde logo por simples e efetiva curiosidade. São as memórias de um presidente dos EUA, o que por si só já seria interessante q.b., mas é mais do que isso. Barack Obama pode ser muita coisa e podem encontra-lhe muitos defeitos, mas nos expecto político dos últimos 20 anos diria que não haverá muitas figuras mais marcantes do que ele, e não é preciso olhar para o que temos hoje no seu país para chegar a essa conclusão. Se o fizéssemos diria que está a anos-luz de distância.

Deposito grandes expetativas nesta leitura e tenho confiança suficiente para recomendar a sua leitura mesmo antes de lhe pegar para ler a primeira página.

Como certamente será uma leitura a muito curto prazo, deixarei aqui em primeira mão o meu comentário sobre o livro. Uma nota: este é o primeiro de dois volumes.

Se pensam ler, ou já estão a ler, sintam-se à vontade para deixar os vossos comentários.

foto do autor

Livros de 2020

2020 Reading Challenge

2020 Reading Challenge
Um Leitor has read 0 books toward their goal of 25 books.
hide

Parcerias

Black Friday 2020 | 20% a 50% em TODOS os livros | MREC

O Ministério está a ler

O Ministério está a ouvir

O Ministério no Instagram

Email do Blog

blogministeriodoslivros@gmail.com

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Calendário

Novembro 2020

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930